Primeiro-ministro do Reino Unido promete doar R$ 500 milhões para o Fundo Amazônia

maio 5, 2023 0 Por Redação

Primeiro-ministro Rishi Sunak firmou compromisso em reunião com Lula

Lula e o primeiro-ministro britânico, Rishi Sunak, durante reunião em Londres nesta sexta-feira (5). Foto: Ricardo Stuckert

Por Caíque Lima/DCM

Em reunião com o presidente Lula nesta sexta (5), o primeiro-ministro do Reino Unido, Rishi Sunak, falou sobre doar cerca de R$ 500 milhões ao Fundo Amazônia. O encontro entre os chefes de Estado ocorreu por volta de 12h (horário de Brasília) no escritório do político inglês, em Londres. A informação é da GloboNews.

A conversa entre Lula e Sunak durou cerca de 40 minutos e ainda não há nenhuma informação oficial divulgada pelo Reino Unido sobre a doação. O fundo foi criado há 15 anos para captar recursos de financiamento para ações de redução de emissões provenientes da declaração florestal e desmatamento.

Lula e o o primeiro-ministro do Reino Unido, Rishi Sunak, em Londres.                    Foto: Ricardo Stuckert

O Fundo Amazônia foi paralisado durante a gestão do ex-presidente Jair Bolsonaro, junto do desmonte de centenas de conselhos federais, como a extinção do COFA (Comitê Orientador) e CTFA (Comitê Técnico) da iniciativa. Lula reativou o fundo no início deste ano e alguns países já anunciaram a retomada de investimentos.

Em abril, o presidente americano Joe Biden anunciou uma doação de US$ 500 milhões (cerca de R$ 2,5 milhões) para a iniciativa, valor que deve ser usado ao longo de cinco anos. Noruega e Alemanha, países que cancelaram sua participação em 2019, durante o governo Bolsonaro, retomaram o financiamento após a vitória do petista.